Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inquietações

Inquietações

13
Out19

O dia

Liliana Rodrigues

 

martelo.png

 

O dia tinha começado muito cedo. Penteia aqui, estica ali e encaracola acolá. Segue-se o cravejamento com ganchos e ganchinhos. Ficou uma verdadeira obra de arte: magnífico. A maquilhagem deu um ar juvenil e fresco à cara cansada. Ajudaram-me a vesti-lo. Uma peça nova, uma velha, uma dada e uma emprestada não faltaram; os amuletos para a felicidade longa e duradoura. Olhei-me ao espelho. Irreconhecível.

As fotografias começaram a chover. Fiz poses para as objectivas de familiares e do fotógrafo. Pedia-me que lhe desse o meu sorriso mais bonito. Esforcei-me, juro que me esforcei, mas o máximo que consegui era um sorriso amarelo e forçado. Precisava de um tempo para mim. O nó na garganta tinha-se transformado num rolhão pronta a asfixiar. Retirei-me.

Olhei-me ao espelho demoradamente e não fui capaz de a conter. Mas que raio estava eu a fazer? Gostava dele, sim, mas não era o homem da minha vida. Como pude ser tão parva? Como é que não vi antes? Agora tudo era claro. Sim, agora fazia todo o sentido. Saí.

Levantei um pouco o vestido e saí a correr, deixando para trás convidados e familiares incrédulos. Corri o mais rápido que pude, mas aquelas duas ruas pareciam intermináveis. Parei em frente à porta, para recuperar o fôlego, antes de tocar à campainha. Pressionei o botão e a porta abriu-se.

- O seu filho está? Preciso muito, muito, falar com ele. Quero-lhe dizer que estava enganada: é a ele que eu amo.

- Oh, minha querida. O meu filho morreu ontém ao início da noite.

- Não. Não pode ser.

De mãos na cabeça afastei-me tremelicando. Ouvi um zunido e levei uma cacetada; o martelo de Thor bateu-me na cabeça.

- Raios! Vilã errada.

Num salto acordei. Doía-me a cara. As argólas do dossier estavam vincadas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub